Arquivo de Setembro, 2007

Arranque do Ano Lectivo 2007/2008

Caros pais,

Agora que arranca o ano lectivo 2007/2008, é nosso dever informar que a Comissão Instaladora ficou entretanto bastante reduzida. Isto porque muitos dos seus membros retiraram os filhos das casas de Infância da Fundação D. Pedro IV, em virtude da sua total discordância com o modelo de gestão praticado pela presente administração desta Fundação. Alguns houve que não retiraram os filhos por não terem encontrado vaga noutras creches e/ou jardins de infância.
Para aqueles que ficaram, prevê-se um ano de bastante trabalho. Das várias reclamações recebidas pela Comissão Instaladora de pais de várias casas, destacam-se:
–    comparticipações familiares muito elevadas;
–    condições físicas de alguns estabelecimentos em mau estado;
–    horário de funcionamento das casas de infância pouco flexíxel;
–    cancelamento das colónias de férias.
São portanto estas e outras questões com que a futura Associação de Pais se irá debater durante este ano lectivo, tentando resolver as questões mais prementes. Mas a Assoc. Pais não pretende apenas reclamar, pretende tentar arranjar soluções tangíveis e praticas, fazer propostas construtivas relacionadas com a vivência diária dos nossos filhos na creche e jardim de infância.
Para tal, aceitam-se desde já candidatos para participarem nas actividades da Comissão Instaladora e posteriormente da Associação de Pais. Para aqueles que não se queiram ou não possam envolver directamente nestas actividades, solicitamos o envio de reclamações, sugestões e propostas sobre os aspectos que considerarem importantes verem abordados nas reuniões de pais.

Press Release da Comissão de Moradores do IGAPHE

A Comissão de Moradores do IGAPHE do Bairro das Amendoeiras informa que os elementos da comissão foram constituídos arguidos no inquérito nº4396/06.2TDLSB, fruto de uma queixa-crima movida pela Fundação D. Pedro IV e pelo seu presidente Eng. Canto Moniz e que serão interrogados amanhã, dia 31 de Agosto, a partir das 14 horas.
A queixa crime visa os elementos da Comissão de Moradores acusando-os de difamação e de porem em causa “a credibilidade, prestígio, o bom-nome e a imagem quer da Fundação quer do ofendido Vasco Canto Moniz.”
Os moradores sentem-se mais uma vez perseguidos e alvo do terrorismo social perpetrado por uma instituição cuja extinção foi proposta por Inspectores da Segurança Social e pelo seu presidente, cujo nome está envolvido num processo de inquérito da Inspecção das Obras Públicas. Os moradores consideram que apenas estão a defender e reivindicar os seus direitos, cumprindo as leis do Estado de Direito, e que a actuação da Fundação foi claramente condenada e punida com a aprovação por unanimidade de uma resolução na Assembleia da República visando a retirada do património.

Comissão de Moradores do IGAPHE
Bairro das Amendoeiras
http://amendoeiras.blogspot.com


Divulgação Cultural

Blog Stats

  • 232,634 hits