Uma exposição diferente – Knojo! A Ciência Indiscreta do Corpo Humano.

Retirado (e adaptado) do sítio “Educare.pt” – Joana Silva Santos| 2007-10-30

O objectivo é desmistificar e abordar sem tabus tudo aquilo que é desagradável no nosso corpo. Se acha que o mau hálito ou o cheiro a suor são meros sinais de desmazelo desengane-se. Estes e outros aspectos considerados socialmente inaceitáveis são agora explicados cientificamente aos mais novos. O que provoca o mau hálito? E o cheiro a suor? De onde vêm os barulhos estranhos que o estômago faz? E qual a composição dos “macacos” do nariz? Estas são apenas algumas das questões que são esclarecidas ao longo da exposição, que, segundo a organização, promete romper com alguns tabus e desmistificar tudo aquilo que de desagradável se passa no corpo humano.
Iniciada a viagem ao corpo humano, somos recebidos pela boneca Sua Alteza Nojenta. E não estranhe este nome. Aqui não há papas na língua e tudo é dito de forma muito frontal: o muco é “ranho”, as fezes “cocó ou caca” e a flatulência chama-se “pum”.
Espirros, mucos e alergias são a especialidade do professor Narigudo Sá Betudo, uma torneira em formato gigante que vai desvendar tudo o que se passa no interior do nosso nariz. Seguem-se as Máquinas de Gases Intestinais e de Arrotos. Mas as indiscrições do corpo humano não ficam por aqui. Miúdos e graúdos têm oportunidade de experimentar tudo. É possível cheirar axilas, bocas, pés e ânus malcheirosos, ouvir arrotos bem sonoros e perceber porque é que eles acontecem, escutar o barulho que fazemos a deglutir, o bater do coração, o respirar e o estômago a roncar. Entre caretas e gargalhadas, o certo é que aqui as crianças ficam a perceber melhor o funcionamento do corpo humano.
ATELIERS: Entre as várias actividades propostas nos ateliers, os visitantes vão poder fabricar uma substância muito parecida com o seu próprio muco nasal e descobrir, por exemplo, porque é que a digestão começa com a saliva. Há ainda espaço para um escorrega que é, nada mais nada menos, um intestino grosso; uma escalada pela pele – onde as borbulhas infectadas com pus servem de apoio à subida – e um jogo onde as impurezas do sangue são eliminadas e encaminhadas para a urina, entre várias outras experiências.
Outra hipótese são os ateliers Fungadelas e Lavandaria de Mãos, desenvolvidos em colaboração com uma equipa de médicos do Hospital D. Estefânia, nos quais os mais pequenos vão aprender a assoar-se e a lavar correctamente as mãos, através de uma coreografia. No atelier Bombas Calóricas ficaremos a saber quantas viagens na Bicicleta Voadora do Pavilhão do Conhecimento seriam necessárias para queimar um apetitoso pão com chocolate. Numa sessão especial de A Cozinha é um Laboratório, a química e a culinária juntam-se para fabricar uma terra comestível, servida em vasos e acompanhada de ovos de insectos e aracnídeos.

“Knojo!” foi criada originalmente nos Estados Unidos e chegou agora de França mas o nome e toda a parte gráfica foram adaptados em Portugal. A exposição vai estar em Lisboa até ao dia 30 de Março do próximo ano.

1 Response to “Uma exposição diferente – Knojo! A Ciência Indiscreta do Corpo Humano.”


  1. 1 Cristina Henriques 3 Novembro 2007 às 1:18 pm

    Olá a Todos na Fundação D. Pedro IV
    Passei hoje aqui pelo blog que há muito não visitava, e fui surpreendida por uma noticia diferente das que habitualmente encontrava. A divulgação de uma exposição de interesse cultural, para crianças , jovens e adultos, ao invés da guerra de criticas e comentários pouco favoraveis ao funcionamento da Fundação.
    Longe de comentar ou questionar a utilidade das criticas aqui expostas, limito-me a dar os parabens pela nova utilidade encontrada para um blog de facil acesso tanto a Pais como a funcionarios da Fundação.
    Porque acredito ser desejo de todos, melhorar e construir a vida educativa na Fundação D. Pedro IV, faço votos para que o “espirito construtivo”, se sobreponha á critica fácil e corrosiva. Pessoalmente considero um privilégio fazer parte desta grande familia, com tradição e responsabilidade na Educação das crianças em Portugal.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Divulgação Cultural

Blog Stats

  • 228,750 hits

%d bloggers like this: