Os menus dos pequeninos

Paula Veloso| 2007-11-21 in http://www.educare.pt/educare/Educare.aspx
(…)
Quais as regras que os infantários têm de cumprir na alimentação que dão às crianças?
Tal como diz a Direcção-Geral de Saúde, “o papel da família na alimentação e na educação alimentar das crianças e jovens é inquestionável, mas a escola, e em especial o jardim-de-infância, assume uma aí particular importância”.
Entendo que os pais só poderão contestar as ementas quando estiverem verdadeiramente informados do que deve ser a alimentação dos seus filhos, em cada idade. E que isso é um direito mas também um dever que lhes assiste. A alimentação deve ser equilibrada ao longo do dia e dos dias e isso deve acontecer tanto na “escolinha” como em casa. Quantas vezes não se queixam as educadoras de que tentam dar, por exemplo, sopa, legumes e fruta às crianças e que em casa os pais não os obrigam a comer estes alimentos – e quando obrigam, eles próprios não dão o exemplo? É importante saber o que as crianças comem fora de casa, mas é igualmente importante preocuparem-se com a alimentação na sua própria casa…
(…)
A Direcção-Geral de Saúde disponibiliza o Manual para uma Alimentação Saudável em Jardins-de-Infância – (www.portaldasaude.pt). Destina-se aos educadores de infância e ao pessoal directamente envolvido na preparação e fornecimento de alimentação às crianças.

Este manual contém informação básica sobre alimentação saudável da criança em idade pré-escolar, designadamente:
– importância da educação alimentar e seus objectivos;
– alimentação e nutrição;
– grupos dos alimentos;
– necessidades nutricionais da criança em idade pré-escolar;
– distribuição das refeições;
– regras de higiene na preparação das refeições.

“Se, por um lado, muitos dos nossos hábitos alimentares são condicionados desde os primeiros anos de vida, por outro, uma alimentação saudável durante a infância é essencial para um normal desenvolvimento e crescimento, bem como na prevenção de problemas de saúde ligados à alimentação.”
(extraído do Portal da Saúde do Ministério da Saúde)

Além deste, recomendo ainda outros dois, importantes para consulta e orientação quer dos pais quer das orientadoras de creches e jardins-de-infância. São eles: “Crescer para Cima” da conceituada pediatra Carla Rego em co-autoria com Maria Antónia Peças e “1, 2, 3, uma Colher de Cada Vez” do nutricionista João Breda, também em co-autoria com Maria Antónia Peças.

São também, sem dúvida, duas importantes fontes de informação (e receitas) para a alimentação saudável dos mais pequeninos.

Nota: “Pais D. Pedro IV” agradecem à Dr.ª Paula Veloso o artigo de opinião aqui resumido. A sua leitura pode ser feita na íntegra em “Os menus do pequeninos

0 Responses to “Os menus dos pequeninos”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Divulgação Cultural

Blog Stats

  • 228,750 hits

%d bloggers like this: