Carne ou peixe, quando e quanto?

Paula Veloso| in Educare.pt

Uma das maneiras de reduzir os erros alimentares dos portugueses é diminuir o consumo de alimentos de origem animal.
Dos vários nutrientes obrigatórios numa alimentação equilibrada e saudável, as proteínas devem fazer parte da alimentação diária, devendo contribuir com 15-20% do total de calorias da dieta (dieta = total de alimentos ingeridos ao longo do dia). Constituídas por aminoácidos, têm uma indispensável função plástica, fornecendo a matéria-prima para a formação, manutenção e regeneração de células e tecidos.
Conforme o seu conteúdo em aminoácidos (a.a.), assim se designam por proteínas completas ou incompletas. Nas primeiras encontram-se os a.a. essenciais (que não podem ser sintetizados no organismo). As segundas, para se tornarem completas, têm que ser combinadas com outras. São fornecedores de proteínas completas os alimentos de origem animal, como as carnes, pescado, ovos, leite e derivados. Já os alimentos de origem vegetal, como os cereais, as leguminosas (grão-de-bico, feijão, soja ou similares), nozes ou outros frutos secos, deverão combinar-se entre si para se obterem proteínas completas.
É necessário comer proteínas todos os dias?
Se tomarmos como guia a Roda dos Alimentos, vemos que uma pequena fatia da mesma é constituída pelos fornecedores proteicos a que já fiz referência. Mas isso não implica nem justifica que se consumam quantidades exageradas dos alimentos que as fornecem, sobretudo os de origem animal. Não nos esqueçamos que da sua constituição fazem também parte outras substâncias como o colesterol ou gorduras saturadas que devem ser consumidas com muita moderação devido aos seus efeitos nefastos sobre o sistema cardiovascular. Para uma pessoa com 65-70 kg, por exemplo, comer 100-120 g de carne, pescado ou 2 ovos ao almoço dispensa a sua inclusão ao jantar, podendo este ser constituído por um prato de sopa, uma peça de fruta e três ou quatro nozes ou um punhado de outros frutos secos. Uma das maneiras de reduzir os erros alimentares dos portugueses é diminuir o consumo de alimentos de origem animal. Além de beneficiarmos a saúde, também poupamos dinheiro, uma vez que estes são habitualmente os alimentos mais caros da nossa alimentação.
Preferir pescado às carnes
Embora os peixes gordos tenham um teor de gordura semelhante ao das carnes magras, há ainda quem proíba o seu consumo, quer em dietas de emagrecimento quer em dietas para reduzir o colesterol. Como é bom de ver, uma vez que têm um teor de gordura semelhante, se se proibirem os peixes gordos, não fará sentido consentir as carnes magras porque, para além de um teor de gordura semelhante, as gorduras do peixe são mais benéficas do que as das carnes. Dentro do grupo das carnes, as aves serão as mais aconselhadas, mas sem pele. A carne de porco, tantas vezes excluída das dietas, desde que se exclua a gordura visível, contém menos gordura do que peito de frango com pele ou do que um bife de vitela. Este, inclusive, contém um teor mais elevado de gorduras saturadas. Os peixes gordos (azuis) como o atum, a cavala, o salmão, a sardinha, etc, deverão ser consumidos 2-3 vezes por semana (grávidas incluídas), mas não mais, devido à sua capacidade de fixação de metais pesados. Não esqueça também os mariscos que, apesar de terem uma quantidade razoável de colesterol, também contêm ácidos gordos ómega 3, o que permite incluí-los numa alimentação saudável. E, se não exagerar nas quantidades, nem sequer encarecem a sua dieta.

in http://www.educare.pt – © 2000-2008 Porto Editora

Anúncios

0 Responses to “Carne ou peixe, quando e quanto?”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Divulgação Cultural

Blog Stats

  • 232,653 hits

%d bloggers like this: